Roteiros de carro a partir de Las Vegas: Rota 66 e Grand Canyon

Las Vegas é uma das cidades mais próximas do Grand Canyon – perde apenas para Phoenix, mas a diferença é pequena. Então, se você for à Vegas, não perca a oportunidade de conhecer uma das 7 maravilhas naturais do mundo.

O Grand Canyon encanta pelo seu tamanho, sua beleza e pela sua história. Eu fiquei de queixo caído. Tenho certeza que terei o mesmo sentimento sempre que voltar lá. O cânion tem 446 km de comprimento, 29 km de largura e uma profundidade de 1,8 km. Ele está sendo esculpido pelas águas do Rio Colorado há milhões de anos. É. Muito. Incrível.

Roteiros de carro a partir de Las Vegas

Desde 1919, o local faz parte do sistema de parques nacionais dos Estados Unidos. Por isso, sua área é protegida e possui uma boa estrutura de turismo.

Eu tive a oportunidade de fazer o trajeto de Las Vegas para o Grand Canyon duas vezes. Foram viagens bem diferentes, tanto pela estação do ano, quanto pelo tempo que tínhamos disponível. Sabe o que elas tinham em comum? Foram lindas e valeram cada km rodado.

Roteiros de carro a partir de Las Vegas

Eu adoro este RV! Acho tão fofo.

Dica 1) Existem 4 opções de visitação do cânion: o South Rim (margem sul), Grand Canyon West, Grand Canyon East e o North Rim (margem norte). Nós visitamos o South Rim nas duas vezes. Ele é mais distante de Las Vegas, porém é considerado por muitos o “verdadeiro Grand Canyon” (por isso vale a pena os kms extras). Esta margem, além de ter as vistas mais incríveis (é o que dizem, eu nunca fui nas outras) é mais apropriada para turistas. A estrutura para visitantes é completa: centro de informações, pousadas, tours guiados, ônibus gratuitos dentro do parque, etc.

grand canyon-27

Nesta foto, o guarda florestal estava explicando sobre as formações geológicas do Grand Canyon

Dica 2) As temperaturas por lá são extremas. Se você estiver planejando fazer trilhas, a dica é ir na primavera ou no outono. Nós fomos no verão e no inverno – nenhuma das estações eram adequadas para atividades ao ar livre (mas no verão conseguimos aproveitar mais, apesar de termos menos tempo).

Dica 3) É bem útil alugar carro em Las Vegas, principalmente porque as coisas parecem perto, mas não são. Além disso, se estiver muito calor ou muito frio, não é agradável andar na rua. Alguns cassinos têm estacionamento gratuito. Neste link tem uma lista com os principais deles. Além disso, dá para fazer estes passeios fora de Las Vegas se você estiver de carro.

De Las Vegas para o Grand Canyon pela Rota 66

Na primeira opção, o trajeto de ida inclui a Hoover Dam e a Rota 66, que é mais cênica. A distância total é quase a mesma, porém neste caso as paradas tornam a viagem mais demorada.

Distância total: 900 km
Duração: 2 dias/1 noite
Tempo de viagem: 8:30 de ida e 4:00 de volta
Tempo no parque: 1 turno (porque estava muito frio, até tínhamos mais tempo)
Valor: USD 30,00 por dia/veículo
Quando fomos: dezembro

Dia 1:
Saímos de Las Vegas pela manhã e paramos Hoover Dam (neste post eu explico mais sobre ela). Seguimos viagem e almoçamos na cidade de Kingman (AZ), passamos por um trecho da Rota 66 e fomos até Williams (AZ), onde dormimos.

Screen Shot 2016-08-12 at 7.17.09 PM

O trecho entre Kingman e Seligman é onde fica a Historic Rout 66.

Passar pela Rota 66 é bem bacana, principalmente porque ela tem muita história e foi super importante no desenvolvimento do país. Inaugurada em 1926, a estrada foi umas primeiras highways dos Estados Unidos e atravessava o país de leste a oeste. Naquela época, isso representava uma liberdade incrível – poder atravessar os Estados Unidos de carro ou de moto era muito moderno.

Nesta estrada foram construídos o primeiro motel e o primeiro McDonald’s do mundo. Sim, quem atravessa o país de carro tem que comer e dormir em algum lugar, né? Ela também foi cenário de filmes como Easy Rider e Bagdad Café.

Em 1985, deixou de fazer parte do sistema de estradas. Hoje ela é conhecida como “Historic Route 66”. Alguns trechos foram mantidos, como este que passamos na ida para Williams.

Las Vegas-1

Optamos por dormir em Williams, mas também há a possibilidade de ficar em uma das pousadas dentro do Grand Canyon. Williams fica a uma hora de carro do parque e o preço dos hotéis é mais acessível.

No dia seguinte fomos para o parque. Visitamos o centro de informações e alguns mirantes. Os ônibus gratuitos são ótimos, pois são aquecidos dá pra explorar as principais atrações sem morrer de frio, ou calor.

grand canyon-30-2

Ônibus gratuito no Grand Canyon National Park

Grand Canyon no inverno

Tinha neve quando fomos no inverno

Las Vegas-4

Las Vegas-6

De Las Vegas para o Grand Canyon – bate e volta

A segunda opção é para quem tem pouco tempo, mas quer muito-muito-muito conhecer o Grand Canyon. Foi isso que fizemos na primeira vez.

grand canyon-8

Eu estava com medo da altura, por isso essa carinha não muito animada.

Distancia total: 860 km
Duração: 1 dia
Tempo de viagem: 4:00 de ida e 4:00 de volta
Tempo no parque: 1 turno e 1/2
Valor: USD 30,00 por dia/veículo
Quando fomos: agosto

grand canyon-19

Esta opção é puxada. Mas eu acho que vale MUITO a pena.

O ideal é que o bate e volta seja feito num dia de verão, pois eles são mais longos. Saia de Las Vejas bem cedo (pelas 6:00) e, considerando paradas para lanche e banheiro, tudo indica que você chegará no parque pelas 11:00. Eu sugiro começar a voltar pelas 18:00. O pôr do sol no deserto vai ser lindo.

grand canyon-20

grand canyon-22

Em 7 horas dá para fazer várias coisas no Grand Canyon:
* assistir ao filme de 34 minutos sobre o parque no IMAX (é bem legal, tem informações aqui)
* ir em vários mirantes para ver o cânion de diferentes ângulos e bater muitas fotos
* conhecer o visitor center
* assistir algumas das palestras oferecidas pelos guardas florestais
* visitar o museu de geologia
* fazer alguns dos tours guiados (este é uma boa opção e dura 2 horas).

grand canyon-30

grand canyon-33

Posts Relacionados

23 Comentários

  • Elaine Leite
    7 de novembro de 2018 at 8:18 AM

    Oi Camila! Obrigada pelas dicas. Conheceremos o Grand Canyon em meados de dezembro. Sairemos de Las Vegas, depois do almoço, e pernoitaremos no Yavapai Lodge. Faremos o passeio ao GCanyon no dia seguinte, de manha cedo, e pretendemos sair de lá logo depois do almoço. Minhas duvidas: 1)a que horas anoitece?, 2) É possivel ir a todos os mirantes de carro?, 3) A Hermit Road é acessível de carro, pois o ônibus não é disponibilizado em dez? 4) Qual o horário máximo de saída do GCanyon vc sugere, levando em consideração que anoitece mais cedo no inverno? Obrigada pela atenção.

    • camilapicolli
      11 de novembro de 2018 at 4:46 PM

      Oi Elaine! Tudo bem? Que bacana que vocês irão para o Grand Canyon. Vamos às respostas:
      1) O Sol de poe em torno de 17h, então pelas 18h deve estar noite fechada.
      2) Grande parte dos viewpoints é acessível de carro sim. Nesse link tem mais informações – https://www.mygrandcanyonpark.com/things-to-do/top-south-rim-views-points
      3) Sim, em dezembro a Hermit Road fica aberta para todos os veículos.
      4) Depende. Se vocês não quiserem viajar muita horas à noite, sugiro sair no início da tarde (pelas 2h30 pm). Mas se não tiverem problemas com isso, podem ficar um pouco mais no parque e sair de lá pelas 17h00. O entardecer na estrada para Vegas é bem bonito!

      Espero ter ajudado!
      Beijos
      Mila

  • THIAGO
    15 de setembro de 2018 at 11:54 AM

    Como posso fazer de lãs Vegas para SAN francisco
    Pelo vale da morte e parque Yosemite e onde dormir ? Passa pelo grand cânion?

    • camilapicolli
      17 de setembro de 2018 at 10:05 AM

      Oi Thiago!
      Eu nunca fiz esse trajeto. Infelizmente nao posso ajudar. :(

  • Bruno
    29 de agosto de 2018 at 5:39 PM

    Olá, Muito bacana seu post.
    Vou de LA para LV e depois vou ir para o Grand Canyon, e gostaria de fazer esse trajeto pela rota 66 é possível? Quero dizer a maior parte. Gostaria de ficar um dia no Grand Canyon e voltar no outro, onde posso ficar?
    Obrigado

    • camilapicolli
      2 de setembro de 2018 at 6:24 PM

      Oi, Bruno! Claro, é possível sim. Você pode ficar em algum desses hoteis – https://www.thecanyon.com/grand-canyon-hotels.
      Há opções mais baratas fora do parque também.
      Já sabe qual área do Grand Canyon você vai visitar?

  • Bianca
    4 de agosto de 2018 at 7:02 AM

    Oi Camila, obrigada por compartilhar sua experiência.
    Vou ficar 6 dias em Vegas e pretendo fazer 1 bate volta ao Grand Canyon.
    Estou na dúvida entre South Rim e Grand Canyon West (que é o mais comum de turistas fazerem bate volta) e gostaria de fazer o passeio de helicóptero.
    Você sabe se tem passeio de helicoptero de Las Vegas até o South Rim? Ou se o helicoptero é apenas ao Grand Canyon West?

    Obrigada!

    • camilapicolli
      6 de agosto de 2018 at 8:47 AM

      Oi, Bianca!
      Eu dei uma olhada na internet e não achei tour de helicoptero para o South Rim. Talvez, ao chegar em Vegas, tu encontre alguma coisa.

      Eu fiz bate e volta para o South Rim e foi otimo! Mas realmente é puxado!

    • Fabio
      21 de setembro de 2018 at 12:08 PM

      Helicópteros são proibidos de pousar em South Rim. South Rim só de carro, ônibus etc.
      Helicópteros vão apenas para West Rim, onde a paisagem não é tão bonita quanto em South Rim.

      • camilapicolli
        21 de setembro de 2018 at 4:07 PM

        Obrigada, Fábio!

  • Marina Pergo
    25 de janeiro de 2018 at 4:28 PM

    Ola Camilia tudo bem?
    Adorei as dicas e os roteiros.
    Eu moro em Oregon mas estou me mudando para o Texas.
    Estou montando um Tourist Route.
    Tenho em media 1 semana para fazer 3 mil milhas, ou mais dependendo do trajeto.
    O que voce me indica?
    Quero passar pela highway 50, 66 ou 95, Grand Canyon e o que for possivel.
    Beeeijos

  • Adriano
    6 de janeiro de 2018 at 4:00 AM

    Bom dia, Camila.

    Amei o post!!!! Parabéns!!!
    Consigo me encontrar, facilmente, por essas estradas (Las Vegas – Route 66) com um GPS?
    Obrigada.

    • camilapicolli
      6 de janeiro de 2018 at 7:35 AM

      Oi, Adriano! Obrigada, que bom que gostou. Sim, consegue. :D

  • Marcela carreia
    18 de outubro de 2017 at 9:49 PM

    Todos pagam ?qual média de valor?

    • camilapicolli
      19 de outubro de 2017 at 3:47 PM

      Oi Marcela! Tudo bem? Pode explicar mais a sua pergunta? Eu não entendi. Vou adorar te ajudar. Beijos

  • Pingback: Roteiro de 4 Dias em Havasu Falls - Mila em Seattle

  • Isabela
    21 de janeiro de 2017 at 3:11 PM

    Olá! Muito legais os roteiros! Temos 3 dias em Las Vegas e gostaríamos de conhecer o Grand Canyon. Qual sua sugestão? Essa opção que você fez na sua primeira vez, que foi bem puxado mas valeu a pena, é em qual deles – South Rim (margem sul), Grand Canyon West, Grand Canyon East ou North Rim (margem norte)? Obrigada!

    • camilapicolli
      22 de janeiro de 2017 at 9:17 AM

      Oi Isabela! Que bom que gostou. Eu acho ótimo ficar 2 dias em Vagas e ir 1 dia pro Grand Canyon, vale super a pena mesmo. Nós fomos para o South Rim. Qualquer dúvida, é só me escrever. Aproveitem!

  • Roberta
    5 de outubro de 2016 at 7:19 AM

    Oi, Adorei suas dicas, terei apenas 1 dia pra fazer a viagem pro canyon, queria saber se tem condições e irmos e volta no mesmo dia passando pela rota 66. Obrigada.

    • camilapicolli
      5 de outubro de 2016 at 3:53 PM

      Oi Roberta! Que bom que gostou das dicas.
      Se for no verão, quando os dias estão mais longos, sim. Mas o ideal é saírem de Vegas beeeeem cedo e irem direto para o parque. Se a volta não for muito tarde, tipo começar a voltar pelas 16:00 (diríamos que anoitece as 21:00 no verão), dá tempo de ver alguma coisa na Rota 66. Mas vai ser um dia bem puxado ;).

  • Eli
    11 de setembro de 2016 at 4:18 PM

    Olá Camila !

    Adorei o post, suas dicas foram super bacanas.O que seria de nós sem vocês blogueiros rs rs rs
    Eu e meu marido estamos partindo dia 12/09 para fazer a famosa Hw1 road trip, sendo que o nosso ultimo destino será o Grand Canyon!

    Gostaria de saber se o passeio guiado vale a pena para quem só tem um dia ( inteiro) de passeio? Ou você acha melhor irmos nas paradas por conta? Estou preocupada ou de ficar presa com “guias” ou perder coisas bacanas sem eles.
    Ah irei para south rim :)

    obrigada,

    abcs,
    Eli

    • camilapicolli
      12 de setembro de 2016 at 6:36 AM

      Oi Eli! Que bacana, que bom que você gostou do post, fico feliz. Tenho certeza que vão amar o passeio :). Pois bem, sobre os passeios guiados no Grand Canyon: eu não fiz (fui por conta) e consegui fazer as coisas que eu queria. Como eu não fiz o tour guiado, não tenho comparar para te dizer, sabe? Mas dá sim para se organizar e fazer por conta numa boa. Boa viagem!

  • Pingback: Parques Nacionais dos Estados Unidos | Livre & Leve

LEAVE A COMMENT

Reserve seu Hotel



Booking.com

Guias em Seattle

Categorias

Sobre a Blogueira

Camila Picolli

Sou Camila Picolli, publicitária, gaúcha e moro em Seattle desde 2011...mais →

Mila no Instagram