Parques Nacionais dos Estados Unidos

A foto destacada do post foi feita no Grand Canyon National Park – Agosto de 2011.

Eu decidi escrever este post por dois motivos: primeiro porque já falei várias vezes em parques nacionais americanos, porém nunca expliquei o conceito em detalhes. O segundo é porque em 2016 o Serviço Nacional de Parques está completando 100 anos.

Os parques nacionais fazem parte de um sistema que protege e mantém montanhas, desertos, florestas, trilhas, praias e até monumentos dos Estados Unidos. O Serviço Nacional de Parques (National Parks Service) dos EUA é quem administra este sistema, que engloba 3,6% do território do país. Nos parques nacionais, a fauna e a flora são preservadas e protegidas do crescimento urbano. As áreas dos parques (mais de 34 milhões de hectares) devem permanecer inalteradas para as futuras gerações, segundo a lei que criou o Serviço Nacional de Parques em 1916.

O país possui 59 parques nacionais, todos eles abertos ao público, porém pagos. As opções de passe variam: $20 é o valor mínimo, que dá permissão para 1 parque durante 7 dias (este valor é por veículo). Já o passe de $80 permite entrada em todos os parques e vale por 1 ano. Os parques são super organizados, com centro de informações, mapas, banheiros, entre outras facilidades. Alguns têm até campings, que precisam de autorização prévia para serem usados.

Aqui no estado de Washington temos 3 parques nacionais: Mount Rainier National Park, North Cascades National Park e Olympic National Park. Mas qual é o critério utilizado para transformar certas áreas em parques nacionais? Vou citar alguns deles:

– Paisagens naturais raras, que poderiam desaparecer ao longo dos anos, devido ao desenvolvimento humano;
– Acidentes geográficos extremamente incomuns no país;
– Locais que possuem excepcional diversidade de componentes ecológicos ou características geológicas;
– Locais que abrigam concentração de plantas ou animais raros, especialmente aqueles ameaçados ou em perigo;
– Refúgios necessários para a sobrevivência de uma espécie;
– Locais que contém depósitos de fósseis raros ou muito abundantes.

Ou seja, se você visitar um parque nacional dos Estados Unidos, saiba que está num local muito especial.

Os americanos adoram e têm muito orgulho dos seus parques nacionais. Eu acho que eles têm toda a razão. A natureza é linda e  preservá-la é muito bacana. Eu e o Gordo já estivemos no Crater Lake (Oregon), Grand Canyon (Arizona), Mount Rainier (Washington) , Yellowstone (Wyoming), Yosemite e North Cascades (Washington). Faltam só 43 :P

Dados interessantes:
– Mais de 307 milhões de pessoas visitaram parques nacionais dos EUA em 2015.
– No total são 879 centros de informações.
– Os parques empregam mais de 20 mil funcionários.
– Além dos funcionários, mais de 245 mil voluntários ajudam a manter e preservar os parques.
– O primeiro parque nacional dos EUA foi o Yellowstone National Park, fundado em 1872.

Em comemoração aos 100 anos do Serviço Nacional de Parques, foi lançado em 2016 o documentário National Parks Adventure. (trailer abaixo). É incrível! Eu amei.

Se o trailer emociona, imaginem o filme!

11 Comentários

  • Pingback: Guia de Viagem Mount Rainier National Park - Mila em Seattle

  • Pingback: Roteiros de carro a partir de Vegas: Rota 66 e Grand Canyon | Livre & Leve

  • Pingback: Banff – Roteiro de 2 dias | Livre & Leve

  • Pingback: Yellowstone em 2 dias – Roteiro | Livre & Leve

  • Carlos Macena
    18 de junho de 2016 at 9:25 AM

    Olá! Essa semana recebi na newsletter da Lonely Planet essa matéria e bastante atual junto ao seu post. Se ainda não conhece espero que goste.
    https://www.lonelyplanet.com/national-parks?affil=EML_EDITORIALNEWS_154&utm_campaign=EML_EDITORIALNEWS_150616&utm_medium=email&utm_source=lpemail

  • Carlos Macena
    31 de maio de 2016 at 10:55 AM

    Parabéns! Muito instrutiva a matéria.

    Estive na Argentina algumas vezes e os Parques nacionais da Argentina também são motivo de orgulho.

    Os parques nacionais da Argentina contam com um extenso sistema de parques nacionais destinado a proteger o patrimônio natural e cultural do país.

    Os primeiros parques foram o Nahuel Huapi e o Iguazú, ambos criados em 1934. Entre os últimos estão o San Guillermo (1998), o Copo (2000) e El Leoncito (2002) e o Parque Nacional Monte León (2004), que é o primeiro parque marítimo continental da Argentina.

    No total, existem 28 parques nacionais (além de reservas e monumentos). Ocupam quase 4% do território argentino, cerca de 3 milhões de hectáres, cuidados por 200 guardas florestais aproximadamente.
    – Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

    Os guardas florestais tem uma escola/academia própria para formação, suporte para residir nos parques com suas famílias e é uma profissão muito respeitada).
    – Origem: eu mesmo.

    Abçs!

    • camilapicolli
      31 de maio de 2016 at 8:50 PM

      Que bacana, Carlos! Obrigada por todas as informações. Parece que o esquema na Argentina é parecido com os dos EUA e Canadá, né? Adorei que os guardas florestais são valorizados lá também. Merecem, né?

  • Pingback: A natureza encantadora de Banff – Canadá | Livre & Leve

  • Marcela
    12 de maio de 2016 at 10:52 AM

    AAh, esse ano também vou pro Kenai, no Alaska, tinha esquecido desse!! hahaha
    Menos um!

    Eu gostei muito de Jasper… Mas pra mim Banff (e o Yoho tb, ali do lado!) é o mais incrível de todos… Nem gosto de ver as fotos, de tanto que dói o coração!
    :)

    Doida pra ver seu post!!

    Beijo!!

  • Marcela
    12 de maio de 2016 at 10:02 AM

    Oi Camila!!
    Acho que se eu ganhasse na mega sena (#aquelas) o meu primeiro ano seria dedicado a explorar os parques nacionais daí… Pq o pouco que eu conheço eu já amo tanto!! Aproveitaria e colocaria no meu tour os do Canadá também, que é onde meu coração ficou morando!
    Ano passado eu conheci o Crater, o Mt Rainier, o Olympic e o Glacier, em Montana; além de Banff e Jasper que né? Amor verdadeiro, amor eterno. Esse ano vou pro Denali… Ok, falta qto? Um pouco mais de 50 só…. hahhah

    Você tem que ver o filme!! Consegui ir em março qdo passei uns dias na Flórida e é incrível demais! Dá muita vontade de só fazer isso na vida!
    A estrutura dos parques somado com o atendimento… O quão queridos são os Rangers?? Eles realmente amam estar ali, trabalhando ali, tem muito orgulho, né?

    Beijão!!

    • camilapicolli
      12 de maio de 2016 at 10:23 AM

      Oi Marcela, siiiiiim, muito amor mesmo! Eu também quero conhecer todos. Falando nisso, amanhã vou publicar um post sobre Banff :D. Estou doida para ir pra Jasper, meu marido foi em 2003 e está sempre dizendo que quer voltar comigo! Ótima lembrança, os rangers são muito animados e simptáticos.

LEAVE A COMMENT

Reserve seu Hotel



Booking.com

Guias em Seattle

Categorias

Sobre a Blogueira

Camila Picolli

Sou Camila Picolli, publicitária, gaúcha e moro em Seattle desde 2011...mais →

Mila no Instagram