O que fazer em Banff – Roteiro de 2 dias

Banff é um parque nacional no estado de Alberta, Canadá.  Mas Camila, o que é exatamente um parque nacional? Eu publiquei um post sobre o assunto aqui. No meu post explico tudinho sobre os parques dos Estados Unidos, mas podemos dizer que a definição é parecida no Canadá.

O parque fica a aproximadamente 150km de Calgary, numa região chamada Canadian Rocky Mountains . Tem mais de 6 mil quilômetros quadrados de terreno montanhoso, com muitas geleiras e coníferas. É um dos destinos turísticos mais populares do país, cheio de opões para quem curte aventuras. Durante o inverno, que é longo e super rigoroso, as estações de esqui são a principal atração. Na primavera e no verão dá para acampar, fazer trilhas, nadar, fazer caiaque, andar de bicicleta, visitar geleiras e cachoeiras.

A fauna em Banff é super rica. Entre as espécies encontradas estão o urso preto, urso pardo, puma, alce, cabra de montanha e viado. É muito comum encontrar animais selvagens por lá, por este motivo, o site do parque tem várias informações sobre as espécies e também dicas de segurança. Como fizemos trilhas, eu e o Gordo fomos super preparados. Levamos spray de urso (que serve para espantar o urso, caso ele se aproxime) e sino, que serve para afastar os animais. Normalmente os animais selvagens evitam confrontos, então fazer barulho é uma forma de avisá-los que estamos na área. Assim eles têm tempo de se afastar. O problema acontece se você pegar um urso de surpresa, neste caso ele pode se assustar e atacar. Nós só vimos cabras e viados – queria ter visto mais “bichinhos”!

Quando ir – Se você está planejando uma viagem para fazer esportes na neve, eu indico o inverno. Caso contrário, a melhor época é o verão. Neste período os lagos descongelam e as suas águas ficam cristalinas. Além disso, é possível fazer trilhas, caiaque e visitar geleiras, coisas que não são possíveis quando tem neve.  Sem contar que o os dias estão mais longos e o sol deixa as paisagens incríveis.
Como chegar – O aeroporto mais próximo fica em Calgary. Fomos num vôo direto de Seattle para lá, que durou em torno de 1:30. O ideal é alugar um carro e pegá-lo no aeroporto mesmo. A viagem de Calgary para o Banff National park dura 1:30.
Onde ficar – Existem opções para todos os bolsos. A mais popular é ficar na cidade de Banff, que fica dentro do parque nacional. Ela é uma gracinha, cheia de hotéis e restaurantes. Mas as diárias são mais caras. Nós ficamos em um hotel fora do parque e foi ótimo, na cidade de Canmore (15 minutos de carro para Banff).
Quanto tempo – eu indico ficar no mínimo 2 dias, para poder conhecer as principais atrações. Diríamos que 4 dias seria o ideal.
Entrada – O passe pode ser comprado na hora e vale até as 16:00 do dia seguinte (por exemplo, se você comprar sábado de manhã, o passe vai valer até domingo as 16:00 – valor: C$ 19,60 (para um veículo com até 7 pessoas).

Nós fomos para Banff no feriadão do Memorial Day, que é na última segunda-feira de maio. Seria legal ter passado mais tempo, mas deu para fazer várias coisas legais em 2 dias inteiros (sem contar a viagem de ida e de volta). Saímos de Seattle na sexta-feira e voltamos na segunda-feira final de tarde – 3 noites/ 2 dias.

Estrada de Calgary para Banff

As paisagens na estrada são lindas. Nós dormimos em Calgary na primeira noite e fomos para Banff na manhã seguinte.

Dia 01:

Lake Louise
O Lake Louise é uma das principais atrações de Banff. Ele é realmente incrível! É um lago glacial, ou seja, sua água vem do gelo derretido das geleiras, e a cor esmeralda é gerada pelo reflexo dos minerais liberados pelas rochas. É lindíssimo e cheio de turistas em volta.

Lake Louise - Banff_1

O que é a cor dessa água? É um espelho! Ainda tinha um pouco de gelo, no verão o tom de esmeralda fica com mais contraste.

Lake Louise - Banff_2

O que fazer em Banff

Se você não se importa com o clima turístico (e está disposto a investir bastante em estadia), na beira deste lago fica um dos hotéis mais famosos e luxuosos da região. Pelas fotos a vista é incrível: Fairmont Lake Louise.

O que fazer em Banff

No fundo, à esquerda, dá para ver o hotel.

Existem algumas trilhas por ali, mas são super cheias e por isso nós escolhemos outra (que fizemos no segundo dia).

Moraine Lake
Este lago é  menos famoso que o Lake Louise, mas tão lindo quanto! Também tem água cor esmeralda, porém quando fomos ainda estava bem congelado. Fizemos uma pequena trilha para subir nas pedras e ver o lago de cima. Também estava cheio de turistas.

Moraine Lake - Banff

Aqui dá para ver como o Moraine Lake ainda estava bem congelado. Estávamos em cima dele.

Moraine Lake - Banff_1

Não é lindo?

Moraine Lake - Banff_3

Muito amor por este lugar!

Johnston Canyon Waterfalls
Depois de visitarmos os lagos, fomos para a trilha das cachoeiras de Johnston Canyon. Esta é a trilha mais popular de Banff e realmente estava lotada. Por ser pouco íngreme, é ideal para famílias e pessoas sem muito condicionamento físico. O que acontece? Todos os turistas vão pra lá.

A trilha começa atrás de um hotel (Johnston Canyon Lodge), e costeia o Johnston Creek, um riacho formado pelas quedas d’água. Ao longo do caminho andamos por passarelas presas às paredes dos canyons. É muito lindo!

Neste vídeo dá para ver um pouco da passarela:

Para chegar na cachoeira inferior a distância é de 1.1km, já para a cachoeira superior a distância é de 2.4km. Nós fizemos a trilha mais longa e adoramos.

Johnston Canyon Trail_1

Dicas:

* Se quiser fugir dos tumultos, faça a trilha de manhã cedo (nós fomos final de tarde e estava lotada)
* Mesmo que esteja calor, leve um casaco leve. A trilha tem bastante sombra e fica friozinho perto das cachoeiras
* Se tiver tempo (e condicionamento físico) caminhe mais 3 km até Inkpots. São 7 nascentes de água mineral que ficam em um vale ao lado de Johnston

Dia 02:

Cory/ Edith Pass Trail 
No segundo dia nós queríamos fugir dos turistas (como se nós não fossemos turistas também, hahaha). A ideia era fazer alguma coisa que tivesse menos gente, onde pudéssemos curtir a natureza, sem ficar o tempo todo esbarrando em alguém. Decidimos fazer um hiking bem difícil! Eu não indico esta trilha para quem tem pouca experiência.

Foi lindo e meio “perrengue”, mas deu tudo certo! A trilha,  tem 13.5km de distância e 950 metros de elevação. A paisagem é LINDA e muda bastante ao longo do caminho: passamos por floresta fechada, descampados, rochas, geleiras e neve. Vimos várias cabras de montanha :).

Cory/ Edith Pass Trail_1

Pausa para admirar a vista e fazer umas fotos :)

O que fazer em Banff

Fazendo arte! E olhem as montanhas lá atrás.

Nestes vídeos o áudio ficou bem baixo, mas dá para ver a trilha e as paisagens  lindas :D.

Cory Pass - Edith Pass Trail_3

Parada para o almoço, tão lindo!

Olhem a minha cara de feliz andando na neve :P

Tags:

7 Comentários

  • Thaís
    16 de abril de 2017 at 8:56 AM

    Oi Mila!
    Final do mês que vem estarei ai na Costa Oeste e seu site está ajudando muito!!!
    Gostaria de saber em que mês vc esteve nas Rochosas??

    • camilapicolli
      17 de abril de 2017 at 1:57 PM

      Obaaaaaa! Fico muito feliz, Thais (rimou!). Se precisa de qualquer dica, me escreve. Vou adorar a ajudar. Beijos

  • Margareh
    13 de maio de 2016 at 9:28 PM

    As fotos estão lindas!

  • Anderson
    13 de maio de 2016 at 12:42 PM

    Que lugar espetacular!

  • Marcela
    13 de maio de 2016 at 11:24 AM

    Oi Camila!
    Ê lugar maravilhoso, né? Vocês precisam voltar, pra ficar mais tempo, explorar mais! E é tão pertinho daí, né? Inveja define muito viu… hahaha
    A gente ficou quase 1 semana entre Banff e Jasper e já era no final da temporada (metade de setembro) e tava menos muvuca, já tava mais friozinho e já tinha nevado um pouco (deixando tudo ainda mais lindo!). Mas os lagos ainda tavam longe de congelar, deu pra passear de canoa… Que legal ver o Moraine todo congelado! Não tem época que fique feio, né?! Eu achei a cor dele a mais impressionante! E do Emerald tb! O Louise que era o mais famoso foi o que eu gostei menos, justamente pq tava mais muvucado…. Eu gostei bastante de ter ido depois da metade de setembro, nem consigo imaginar como deve ser em junho/julho!

    Demais!!

    Beijão!

    • camilapicolli
      13 de maio de 2016 at 11:40 AM

      Então Marcela, eu amo morar aqui… mas só tenho 1 problema: poucas férias, ahahah. Nós não deixamos de viajar, mas acabamos sempre fazendo viagens mais curtas. Quero voltar pra Banff, sem dúvida – já até falamos em ir no meio de setembro, para pegar os lagos bem descongelados (e as trilhas também). Mas a minha lista de viagens só aumenta, preciso de umas 10 vidas! hahaahah

      • Marcela
        13 de maio de 2016 at 11:43 AM

        Ai Camila… Compartilhamos esse problema viu… Muita vontade de ir, muitos lugares pra conhecer e pouco tempo disponível…
        :(

        Triste!!
        hahaha

        Beijo!

LEAVE A COMMENT

Reserve seu Hotel



Booking.com

Guias em Seattle

Categorias

Sobre a Blogueira

Camila Picolli

Sou Camila Picolli, publicitária, gaúcha e moro em Seattle desde 2011...mais →

Mila no Instagram